sábado, 26 de dezembro de 2015

PAPA FRANCISCO: «AS ATROZES ACÇÕES TERRORISTAS» DOS OUTROS

1 –  Comovente, exclamam, embevecidos os crentes de seita, sobre as declarações do papa católico Francisco inseridas na sua mensagem de Natal, dia 25, que denunciou «as atrozes acções terroristas» e «a destruição do património histórico e cultural de povos inteiros».

Escusado será dizer que este coro é ampliado pelos grandes meios de comunicação social do chamado Ocidente, incluindo os piedosos portugueses.

O mesmo Francisco que lançou, na mesma ocasião, um apelo a favor das pessoas que fogem da miséria e dos conflitos e pediu, santeiramente, «abundantes benções para todos aqueles, quer sejam cidadãos e Estados, se empenham com generosidade a socorrer e acolher os numerosos migrantes e refugiados (...), ajudando-os a se integrar».

Claro que nesta ajuda desinteressada não contempla o Estado da Santa Sé, nem o dinheiro de um poço sem fundo que mergulha no sistema financeiro controlado pelo Vaticano. 

2 – Estarrecedor é o lado negro dos negócios terrenos armamentistas do Papado romano, lado esse que os santeiros vaticanistas, embrulhados na metafísica da religião boazinha, procuram fazer esquecer nas mentes dos +pecadores+, mas não deixam de engordar, sorrateiramente, à custa das «atrozes acções terroristas».

Os aviões de guerra da Finmeccamica

Desde os finais dos anos 50 do século passado, o Vaticano é o accionista de referência do grupo Finmeccanica, um mega-empreendimento industrial do armamento italiano, que se expande por todo o mundo. (Ver Nino Lo Bello, o empório do Vaticano, 1968).

Hoje, o grupo Finmeccanica enquadra os ramos da aeronautica /Alenia Aermacchi, ATR (50%), SuperJet International (51%), Eurofighter GmbH (21%)/; helicópteros /AgustaWestland, NHIndustries (32%), HeliVert (50%), Jiangxi Changhe-Agusta Helicopter (40%), Libyan Italian Advanced Technology (25%)/; espaço / Telespazio (67%), Thales Alenia Space (33%),NGL Prime (30%)/; defesa e segurança, /DRS Technologies, Selex ES, Eurotech/; sistemas de defesa /Oto MelaraWhitehead Sistemi Subacquei, EuroTorp,MBDA (25%), Eurosam (33%), EuroSysNav (50%)/; transporte e construção/  AnsaldoBreda, Ansaldo STS (40%), BredaMenarinibus), FATA/.

A empresa tem escritórios em mais de 100 países.

É a terceira maior holding europeia de material militar, logo após a BAE Systems, do Reino Unido e Airbus, da França.


Esses interesses pela indústria do armamento atravessam o Atlântico e estão nos Estados Unidos da América, onde a estrutura accionista das empresas Boeing, Lochheed, Douglas e Curtis Wright tem uma percentagem significativa da Santa Sé (Ver Avro Manhattan, em *The Vatican Billions*).




Sem comentários:

Publicar um comentário